A Química do Amor

Publicado em 17/04/2012

A contribuição do companheiro Antonio Luiz Amorim sobre “Parcerias: a química que faz a diferença” suscitou o desejo de complementar a sua tão brilhante reflexão somente no que se refere a Química do Amor entre parceiros. O resto não precisa de complementação. Depois me digam se tenho razão …

Quando ela acontece vem de mansinho e na maioria das vezes sem avisar. Vem acompanhada de alguns sinais que não deixam dúvidas. E como é difícil de acontecer! Acho que na vida dagente, somente poucas vezes ela acontece com essa força e intensidade.

Acredito que a Química do Amor é misteriosa e incompreensível para a mente racional pois é norteada pelos sentimentos que nascem no coração e no nosso inconsciente.

Estes são os sinais que a acompanham quase sempre e que na maioria das vezes dá início às mais belas histórias de amor: uma alegria imensa nos invade e um sagrado sentimento de unidade com tudo e com todos toma conta dagente; nossos olhos brilham; a pele fica resplandescente; o coração fica quase sempre acelerado e nos diz o tempo todo no ritmo das suas batidas, “Você está Vivo, Você está Vivo, Você está Vivo!” As mãos ficam suando frio; um desejo louco de beijar e abraçar, de ficar juntinho, grudadinho, de não se separar; quando se está junto o tempo pára e nada mais importa; agente se sente um bobo na frente da pessoa amada e muitos casais apaixonados começam a falar um com o outro como crianças pequenas e os apelidos no diminutivo começam a surgir naturalmente nas suas mais variadas formas e finalmente os hormonios ficam enlouquecidos querendo e sonhando o tempo todo com os próximos momentos juntos.

Uma vez eu lí em algum lugar que Amor é uma questão de pele, de cheiro, de gosto, de pegada. (Química)

Ainda somos muito bichos … Sem isso não dá o CLIK como diz a companheira Virgínia Garcez.

Gostaria agora de abrir para as considerações dos internautas com as seguintes perguntas:

Você também já sentiu algo semelhante?

Qual a sua experiência em termos de atração à primeira vista?

Você já sentiu esse CLIK que faz a vida valer a pena?

Dê a sua opinião sobre a Química do Amor.


Sobre Aline:
Facilitadora nos cursos da UNIPAZ Bahia, Aline Pedreira de Menezes traz, além de suas reflexões pessoais sobre como viver o Aqui e o Agora, uma plataforma multimídia de entrevistas de pessoas que contam para a Cultura da Paz e buscam esta mesma vivência.

Leia outros artigos >

UNIPAZ Bahia 2018 - Todos os direitos reservados.